30 de julho de 2010

Odontofobia - Medo de dentista

Fobia: Medo irracional e persistente de um objeto, atividade ou situação específica, ocasionando um intenso desejo de evitá-la.

A Odontofobia nada mais é do que aquela tremedeira que pessoas com medo de Dentistas sentem antes e durante as consultas.
Estudos científicos indicam que a odontofobia atinge de 15% a 20% da população.

Esse transtorno está relacionado ao medo e a ansiedade em excesso por ter que fazer algum tratamento dentário. Por isso, a Odontofobia precisa ter uma atenção especial do Dentista, que deve procurar possibilitar um ambiente agradável e adequado para melhor comodidade e tranqüilidade do paciente.

Uma coisa que ajuda bastante é explicar as possíveis sensações que o paciente vai passar, e claro, prevenir é a melhor maneira de amenizar e tornar mais rápida a consulta.

Para o especialista em periodontia e mestre em diagnóstico bucal Doutor Chrstian Wehba "Uma das explicações prováveis é que antigamente os métodos utilizados eram desconfortáveis. Agulhas grossas para anestesias, por exemplo, ajudou a fazer a visita ao dentista um sinônimo de dor. Mas isso uma cultura antiga que não condiz mais com os dentistas de hoje", afirma Wehba.

Em casos de síndrome do pânico ou fobia aguda, o correto é encaminhar a pessoa para uma avaliação com um psicólogo ou psiquiatra. O ideal é fazer um trabalho em conjunto com esses profissionais, já que, enquanto não superar o problema, o paciente não conseguirá se submeter ao tratamento odontológico.

[Fonte de Pesquisa: Medcenter]

29 de julho de 2010

28 de julho de 2010

Humor: Consultórios pelo Mundo



Segundo o Conselho Federal de Odontologia, existem cerca de 174 mil dentistas no Brasil, sendo que mais da metade (cerca de 104 mil) está concentrada nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Em contrapartida, nas regiões Norte e Nordeste há grande carência de profissionais. No Maranhão, por exemplo, existe um dentista para cada 4.480 habitantes.

No setor privado, os profissionais encontram ótimas oportunidades quando possuem um consultório próprio, porém há também boas opções fora de um consultório: magistério, administração de planos de saúde, planejamento de saúde oral no setor público, consultoria na indústria odontológica e na farmacêutica.

E por falar em consultório próprio, vejam que curiosas essas imagens da Odontologia pelo mundo, publicados pela colega do OdontoBlogger (vale a pena conferir o link):





































































































































































[Fonte: OdontoBlogger e BrasilProfissões]

23 de julho de 2010

22 de julho de 2010

Escovar os dentes virou Game


O site da Revista "New Scientist" publicou uma reportagem contendo as maiores dificuldades quando o assunto é saúde bucal para as crianças. De acordo com as pesquisas, a maioria delas não demonstra vontade em escovar os dentes e os que escovam, fazem de forma errada.

Com base nessas estatísticas, um grupo de pesquisadores da Coréia do Sul transformou uma escova de dente em um transmissor de informações (como se fosse aquele controle do Video Game Wii), na tentativa de tornar a higiene bucal em algo mais divertido.

A escova do futuro funciona da seguinte forma: um sistema capta o movimento, velocidade e direção que a criança faz quando realiza a escovação.

Na tela do computador, a imagem que aparece é uma simulação a boca. Em cima dos dentes, aparecem desenhos de "monstrinhos", e à medida que a criança vai escovando, esses monstrinhos vão desaparecendo.

Segundo o cientista Sul Coreano, Chu, os testes realizados até o momento mostram que as crianças que utilizaram a escova "gamer" conseguiram higienizar até duas vezes mais do que as crianças que o fizeram pelo método tradicional.

Gostou? Então deixe o seu comentário e compartilhe a novidade com os seus amigos!

20 de julho de 2010

Técnicas menos invasivas auxiliam na odontologia

Antigamente, cirurgias e procedimentos eram realizados de forma muito agressiva. Hoje tudo isso têm sido substituído por técnicas modernas, com resultados melhores para os pacientes, além de recuperações mais rápidas e confortáveis.

Essas técnicas, conhecidas como "minimamente invasivas", são usadas na cirurgia geral em diversas áreas da saúde. Na odontologia, não é diferente.

Exames como tomografias computadorizadascâmeras de vídeo intra-orais, Raio X digital e lentes de aproximação microscópicas são grandes avanços tecnológicos que estão chegando para facilitar o trabalho do especialista..

A chegada de mais técnicas minimamente invasivas facilitam o trabalho dos especialistas da área e, principalmente, possibilitam que a população cuide dessa parte tão importante do seu corpo. Não se trata apenas de um sorriso bonito. Saúde bucal faz parte de uma vida saudável e feliz.

[Fonte de Pesquisa: Dr. José Augusto de Souza Negrão]

19 de julho de 2010

USP TENTA CRIAR DENTE VIVO USANDO CÉLULAS-TRONCO

Grupo põe R$ 200 mil em laboratório que usará dentes de leite para extrair material, em parceria com ingleses.

Cientistas brasileiros e britânicos querem usar a polpa desses dentes de leite para remendar a dentição danificada ou até mesmo recriá-la.

Estão apostando na idéia a USP e a instituição britânica King's College. A universidade paulista deve criar, em 2011, um laboratório de células-tronco dentárias na sua Faculdade de Odontologia. Será o primeiro do Brasil e fornecerá células que poderão ser usadas por profissionais de saúde e por pesquisadores.

O grupo ao qual a dentista Andrea Mantesso pertence no King's College já conseguiu um feito impressionanteEm 2004, a partir de células-tronco alimentadas por sangue do rim de um camundongo, eles recriaram um dente inteiro no órgão do animal, com todas as estruturas biológicas, inclusive osso de suporte. O próximo passo será transplantar esse dente para a boca de um animal.

Para a especialista, ainda é cedo para se falar em prazo, mas há quem acredite que em 15 anos a técnica já estará disponível. "A pesquisa nessa área está se disseminando, e um maior número de pesquisadores envolvidos pode trazer respostas mais rápidas", conclui.

[Fonte: Sinog]

16 de julho de 2010

Envie suas guias de tratamento ONLINE

A Dental Plus tem o prazer de informar que já está disponível para acesso das clínicas credenciadas a visualização de tratamentos, bem como o envio de novas guias através do nosso SITE.

Essa ferramenta Online trás diversos benefícios para o dentista credenciado, veja abaixo algumas delas:

- Incluir fotos e currículo
- Pesquisar a rede credenciada da Dental Plus
- Pesquisar associados, bem como a situação dos mesmos na operadora
- Pesquisar, incluir e alterar Planos de Tratamento
- Visualizar extratos de repasse e Informe de Rendimento
- Tabela de procedimentos completa e atualizada
- Fazer download de nossos arquivos, como manuais de credenciamento, por exemplo.

»» Para acessar, basta fazer o cadastro clicando AQUI.««

1º passo: no menu esquerdo lateral, clique em > SUA CONTA
2º passo: clique em > CADASTRAR NOVO LOGIN
3º passo: coloque nome completo, e-mail, código de credenciamento e CNPJ/CPF

Aparecendo a confirmação, basta escolher seu LOGIN e SENHA.

Dental Plus se preocupa com a qualidade e agilidade nos serviços prestados Estamos a cada dia aperfeiçoando nossos aplicativos para facilitar o atendimento.


*Indique o seu dentista para a Dental Plus - clique aqui.

15 de julho de 2010

10 passos para seu filho não ter cáries

Ao mesmo tempo em que nascem os primeiros dentinhos dos bebês, surge mais uma preocupação para os pais: como evitar que eles tenham cáries?


Confira abaixo 10 dicas importantes:


1 – Mesmo antes do surgimento dos primeiros dentinhos, os especialistas indicam que os pais façam uma limpeza na boquinha dos bebês. Basta enrolar no dedo indicador uma gaze ou fralda umedecida em água filtrada morna e passá-la levemente sobre a gengiva deles. É indicado que esta higiene seja feita antes de dormir, o que irá fazer com que a criança comece a se acostumar com o hábito da limpeza, facilitando o uso posterior da escova dental.

2 – Beijar a boca do bebê, limpar o bico da chupeta ou mamadeira com a própria boca e assoprar a papinha para esfriar são algumas atitudes recorrentes, mas devem ser evitadas: elas facilitam a transmissão de bactérias da boca dos pais para a boca do bebê e podem aumentar as chances do aparecimento de cáries.

3 – Os cuidados com os dentes de leite devem ser os mesmos dos permanentes. Eles são importantes para a mastigação na infância e para guardar o espaço dos dentes que virão, principalmente. Uma cárie que acometer um dente de leite pode se desenvolver a ponto de prejudicar o dente permanente.

4 – Durante o sono, a salivação de crianças e adultos diminui e a ação das bactérias na boca pode ser potencializada. Com isso, os especialistas indicam que as crianças não devem dormir após mamar sem realizar a limpeza da boca. Esta falta de higiene colabora para o surgimento da cárie, que pode evoluir rapidamente.

5 – Os pais devem evitar que a criança tenha uma dieta rica em carboidratos e açúcares. O consumo freqüente de doces, chicletes, refrigerantes, salgadinhos e sucos industrializados colaboram para a exposição da criança à formação de ácidos. Eles atacam os minerais dos dentes, ocasionando cáries e até a erosão dentária.

6 – Fazer com que a criança se alimente em horários pré-definidos, e não indiscriminadamente, também é importante. Além disso, a escovação dos dentes deve ocorrer três vezes por dia, de manhã, após o almoço e antes de dormir.

7 – É preciso, ainda, valorizar a hora da escovação para que a criança cresça desenvolvendo os hábitos de limpeza. Escovar os dentinhos da criança de maneira lúdica, por exemplo, com escova e pasta de dente colorida, a deixa mais receptiva para a higiene.

8 - Até os dez anos de idade, a criança ainda não possui a coordenação motora ideal, tornando a supervisão dos adultos necessária. Mas é importante deixar a criança fazer a escovação primeiro sozinha. Depois, o adulto entra em cena para finalizar a higienização.

9 – A higienização correta é realizada com o uso de escova, pouco creme e fio dental adequados às crianças, que serão orientados pelo odontopediatra. Se a criança não souber cuspir ainda, é indicado o uso de creme dental sem flúor.

10 – As crianças orientadas sobre a importância da saúde bucal se tornam adolescentes mais habituados à higiene da boca. Para que isso ocorra, a visita a um odontopediatra desde o primeiro ano de vida é necessária para se criar o hábito - o profissional vai estimular a higiene, opinar sobre a dieta e usar técnicas, como aplicações tópicas de flúor ou selantes, dependendo da necessidade.



[Fonte: ORB - Delas]

14 de julho de 2010

Respirar pela boca: um mal que deve ser evitado

A respiração é um movimento natural e involuntário do corpo. Entretanto, segundo especialistas, quando o processo acontece por um longo período apenas pela boca, não havendo inalação pelas narinas, podem ocorrer sérios problemas para a saúde.

De acordo com o cirurgião-dentista Cássio Selaimen, a respiração pela boca desde a infância causa deformidade da face devido à má postura dos ossos, resultando no crescimento inadequado. Deficiências nas narinas ou nas amídalas causam a obstrução nasal, influenciando no sono e no desempenho da criança na escola. Além disso, a respiração pela boca também está associada a diversos fatores, que incluem desde alergias até o desalinhamento dos dentes. "Se for caso de nariz entupido ou outras doenças, a criança tem sono leve, baixando o rendimento escolar por estar sempre cansada. Se a incidência for freqüente, os pais devem fazer uma consulta médica, especialmente por volta dos cinco anos, com o otorrino, odontopediatra ou ortodontista", explica o dentista.

O especialista destaca que os pais devem procurar ajuda quando identificarem gengivas avermelhadas, ronco noturno, baba no travesseiro e mastigação deficiente. Se o problema não for tratado no início, pouca coisa poderá ser feita para reverter o quadro.

A respiração pela boca causa, ainda, dores na garganta e sensibilidade a doenças causadas por partículas no ar que não são filtradas pelo nariz. Porém o tratamento melhora qualidade de vida da criança em todos os sentidos.

[Fonte de Pesquisa: Sinog]

13 de julho de 2010

Mais um pouco de bom humor: DENTISTA

Dentista não é branco... é radiopaco
Dentista não é begro... é radiolúcido
Dentista não entra... intrui
Dentista não sai... avulsiona
Dentista não tem atração... tem quimiotaxia
Dentista não morre... necrosa
Dentista não vai pra frente... vestibulariza
Dentista não vai pra trás... palatiniza
Dentista não chupa... faz sucção
Dentista não é dentuço... possui uma má oclusão de classe II
Dentista não é queixudo... possui uma má oclusão de classe III
Dentista não usa dentadura... usa uma PPR
Dentista não limpa a casa... faz profilaxia nela
Dentista não conserta nada... restaura tudo
Dentista não manda sair... dispensa
Dentista não presta atenção... analisa radiograficamente
Dentista não escova o dente... remove a placa Bacteriana
Dentista não beija na boca.... troca Streptococcos Mutans
Dentista não prende... anquilosa
Dentista não atrapalha alguma coisa... impacta
Dentista não fecha... oclui
Dentista não nasce... erupciona
Dentista não baba... tem hipersalivação

12 de julho de 2010

Movimento "ABRA A BOCA, BRASIL!"

"Abra a Boca, Brasil! – Movimento Nacional de Valorização da Odontologia Brasileira", foi apresentado oficialmente à comunidade dos Cirurgiões-Dentistas em São Paulo.

Segundo o publicitário Haroldo Vieira, criador do tema e coordenador da campanha de divulgação do Abra a Boca, Brasil!, o objetivo é conscientizar os Cirurgiões-Dentistas de que é necessário eleger os representantes da classe para defender os interesses da Odontologia nas esferas legislativas. "O primeiro passo para mudar esse cenário de desrespeito à classe é eleger os Cirurgiões-Dentistas que estão se lançando como candidatos por todos os estados da federação. Eles são os representantes mais legítimos dos interesses da Odontologia. Dentista tem de votar em dentista", defendeu Vieira.

"Trata-se de uma oportunidade muito importante, que não pode ser desperdiçada. É preciso garantir a presença de Cirurgiões-Dentistas no Congresso Nacional e nas assembleias legislativas de todos os estados. Candidatos leigos jamais defenderiam os projetos da Odontologia com o mesmo empenho. É preciso eleger representantes dentistas, construir uma bancada da Odontologia", enfatizou.

O canal de comunicação para as entidades que quiserem manifestar seu apoio oficial ao Abra a Boca, Brasil! e para todos aqueles que quiserem obter mais informações sobre o movimento é contato@abrabocabrasil.com.br.

[Fonte de Pesquisa: Sinog]

8 de julho de 2010

Tratamento com gel pode regenerar dentes cariados

Um estudo publicado na revista Nano ACS, apresenta um novo tipo de gel de hormônio que poderia regenerar dentes cariados e eliminar a necessidade de obturações em alguns casos específicos.

De acordo com os pesquisadores, eles aplicaram a técnica em camundongos e, depois de um mês, notaram que as cavidades haviam desaparecido.

Os pesquisadores afirmam, porém, que ainda são necessários "vários anos" de ensaios clínicos para comprovar a eficácia do gel e garantem que ele não substituirá completamente os tratamentos dentários convencionais e nem auxiliará na prevenção das cáries.

[Fonte de Pesquisa: Sinog]

7 de julho de 2010

Top 10 - Os dentes mais feios da música









Se você é do tipo de pessoa que já se questinou se é necessário mesmo ir ao dentista, veja abaixo os 10 sorrisos mais feios na cena musical:




















































































































































































O seu sorriso é o seu cartão de visita. Cuide da sua saúde bucal.
Clique aqui e saiba qual o dentista mais próximo da sua região.


6 de julho de 2010

Um pouco de bom humor: COISAS QUE O PACIENTE PRECISA SABER

LEIA ATENTAMENTE E SIGA (SEMPRE) AS INSTRUÇÕES:

1 - DENTISTA DORME
Pode parecer mentira, mas DENTISTA precisa dormir como qualquer outra pessoa. Não o acorde sem necessidade!
Esqueça que ele tem telefone em casa, ligue para o consultório.

2 - DENTISTA COME
Parece inacreditável, mas é verdade. Dentista também precisa se alimentar, e tem hora para isso.

3 - DENTISTA TEM FAMÍLIA
Essa é a mais incrível de todas: mesmo sendo um DENTISTA a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar sobre odontologia.

4 - DENTISTA, COMO QUALQUER CIDADÃO, PRECISA DE DINHEIRO
Por essa você não esperava, né? É surpreendente, mas DENTISTA também paga impostos, comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, consome Lexotan para conseguir relaxar, etc. E o fundamental: pode parecer bizarro, mas os livros para "UPLOAD" do profissional, os cursos, o operacional do consultório e a administração disso tudo não acontecem gratuitamente. Impressionante, não?
Entendeu agora o motivo dele cobrar uma consulta?

5 - Ler e estudar é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada.

6 - Não é possível examinar dentes pelo telefone. Precisa comentar?

7 - De uma vez por todas, vale reforçar: DENTISTA não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal. Ele precisa examinar o paciente para saber do que se trata. Se quiser um milagre, tente uma macumba e deixe o pobre do Dentista em paz.

8 - Em reuniões de amigos ou festas de família, o DENTISTA deixa de ser DENTISTA e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele passar no vestibular. Não peça conselhos sobre como recuperar um dente, sobre um tratamento feito por outro profissinal ou mesmo sobre honorários. Por mais que o DENTISTA esteja de folga, pare de confundi-lo com plantonista 24 horas, ok?!

9 - Não existe apenas uma "olhadinha" - qualquer procedimento tem que ser pensado, estudado, analisado e é claro, cobrado. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas serve para tornar a vida do DENTISTA mais suportável.

10 - Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue apenas quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o DENTISTA pode estar fazendo alguma coisa que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo. Nas situações acima, o DENTISTA pode atender? Sim, ele pode até atender desde que seja pago por isso. É desnecessário dizer que nesses casos o atendimento tem custo adicional, como em qualquer outro tipo de prestação de serviços. Por favor, não pechinche.
LEMBRETE: cara feia na hora de assinar cheque não diminui o que você tem que pagar.

11 - Antes da consulta: por favor, marque hora. Se você pular essa etapa, não fique andando de um lado para o outro na sala de espera e nem pressionando a secretária. E não espere que o DENTISTA vai te colocar no horário de quem já estava marcado só porque vocês são amigos ou parentes. Se tiver fila, você vai ficar por último. Agora, caso o chamado de emergência seja fora do expediente normal de trabalho, o custo da consulta também será fora do normal, ok?

12 - Quando se diz que o horário de atendimento do período da manhã é até 12h., não significa que você pode chegar às 11:55h. Se você pretendia cometer essa gafe, vá depois do almoço. O mesmo vale para a parte da tarde: vá no dia seguinte.

13 - Na hora da consulta, basta que esteja presente o paciente. Por favor, deixe o cunhado, os amigos do cunhado, seus vizinhos com seus respectivos filhos nas casas deles. Não fique bombardeando o DENTISTA com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, além de torrar a paciência.
ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o tratamento.

14 - O DENTISTA não deixará de cobrar a consulta só porque você já gastou demais. Os DENTISTAS não são os criadores do ditado: "O barato sai caro"!.

15 - E, finalmente, DENTISTA não é filho disso que você pensou...

5 de julho de 2010

Como ser cliente DENTAL PLUS

» Plano Empresarial

Quais as vantagens de um plano odontológico?
Garantimos não só a sua saúde bucal, como também a aparência pessoal e auto-estima do seu funcionário.
Com planos odontológicos para tratamento clínico completo, a Dental Plus oferece uma rede credenciada nacional com baixíssimo custo e parcelas diluídas em 12 meses.

Quais os documentos necessários?
Para a contratação, é necessário que você traga cópia do contrato social, cópia do cartão CNPJ, cópia do comprovante de endereço, relação de FGTS e número do CPF e RG do proprietário da empresa.

Qual o valor?
De 05 a 49 vidas - R$14,90
De 50 a 99 vidas - R$12,70

No ato da contratação, eu preciso pagar algum valor?
Taxa de adesão: R$3,00 por vida

Existe carência?
Para planos empresariais, a carência é ZERO.

Qual a vigência do meu contrato?
Todo contrato tem vigência de 12 meses.

Como eu faço para saber se tem dentista próximo da minha residência?
Nós temos a rede credenciada disponível em nosso WebSite 24 hs por dia.

---

Para mais informações acesse www.dentalplus-sorria.com.br